Olá, eu sou Felipe Santana, ou “Feux” (é como me chamam agora hehe). Sou Designer de Produtos aqui na Finlândia há mais de 10 anos. Minha história com o design começa por volta dos anos 2000, então segura que lá vem textão!

Meu pai naquela época tinha começado uma oficina de computadores em casa, a maioria computadores de familiares e amigos. E como todo técnico em informática, ele também começou a fazer uns sites. Um belo dia sem ter muito o que fazer, vale ressaltar que eu desenhava bastante essa época, meu pai me apresentou o saudoso Macromedia Flash 5. Como gostava muito dos jogos “point & click” da LucasArts, vide Monkey Island e Grim Fandango, resolvi explorar o programa na esperança de criar o meu próprio jogo. Obviamente isso nunca aconteceu, mas aprendi muito durante o processo, inclusive técnicas de ilustração e animação frame-a-frame que uso até hoje!

Em 2008, um amigo que já trabalhava como arte finalista numa produtora, me apresentou o Photoshop. Ele me disse que lá na produtora eles sempre contratavam uma galerinha pra recortar imagens e talvez conseguiria um trabalho pra mim. Foi aí que eu mergulhei de cabeça nos tutoriais, que naquela época só existia em blogs e livros. Nessa mesma época eu estudei 6 meses para concurso público! Confesso que hoje eu acho que foi perda de tempo, pois nunca levei muito a sério a ideia de ser servidor público.

Eu passava o dia todo “estudando” para os concursos e de noite eu realmente estudava aquilo que eu gostava: Photoshop (e web design). Lembro-me que encontrei uma comunidade no Orkut chamada “Desafio Photoshop” e foi lá que eu praticava tudo aquilo que eu tinha aprendido. Toda semana era um desafio diferente, a maioria era focada em “tunar” carros no Photoshop.

Depois de alguns concursos fracassados, apareceu uma oportunidade numa agência digital, TV1.com, para trabalhar como Designer Junior. A vaga pedia experiência em adaptação de imagens para diferentes formatos no Photoshop, ou seja, perfeita para mim! Fui na entrevista sem nenhum portfólio e consegui a vaga! Foram meses de muito aprendizado, trabalhando com clientes como Banco do Brasil e Brasil telecom, eu passei a ser o cara dos banners animados em Flash.

Depois de 1 mês na agência, eles me colocaram para trabalhar direto com o cliente para atender as demandas da Brasil Telecom com o time do site deles. Era o mais novo em todo o escritório, usava camisa social, calça jeans e tênis de skate! Novamente uma experiência fantástica, gostava do ambiente de trabalho e das pessoas. Meu chefe naquela época gostava muito de mim e sempre me dava vários conselhos sobre carreira, mas um ficou marcado até hoje!

Numa conversa cotidiana, ele me perguntou o que eu gostaria de fazer na vida, eu respondi que talvez passar num concurso público me daria uma estabilidade profissional, mesmo que eu fizesse aquilo que eu não amava! Ele me responder da seguinte forma: “Olha Felipe, estabilidade não existe, mas se você for realmente bom naquilo que faz, nunca vai te faltar trabalho”. Tem várias interpretações para o que ele disse, eu escolhi buscar o conhecimento e ser realmente “bom” no meu trabalho, e trabalhar com o que eu amo!

Naquele mesmo ano de 2008, meu Tio que morava na Finlândia me convidou para passar uma temporada lá para conhecer o país e ver as oportunidades de estudo/trabalho.Então em NOVEMBRO eu juntei minhas coisas eu fui para a Finlândia!

Continua em breve! A partir daqui são 12 anos de história